quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Inscrições do Vale-Universidade Indígena começam no dia 22
SÍTIO AGORA MS, 08.02.2011

Os acadêmicos interessados em participar do programa Vale-Universidade Indígena 2011 podem realizar inscrição no período de 22 de fevereiro a 4 de março. O candidato deverá realizar sua inscrição por meio do site www.setas.ms.gov.br . Antes de preencher o formulário é necessário conhecer todo o decreto e a resolução que regulamentam o programa, que estão disponíveis para download no portal da secretaria. O Vale-Universidade Indígena é um programa do governo do Estado, executado pela Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), por meio da Superintendência de Projetos
Especiais (Suproes). Os acadêmicos que ingressam recebem auxílio financeiro no valor de R$ 300 mensais mais a quantia de R$ 46 para o translado ao local designado para o desenvolvimento de suas atividades. O objetivo do programa é apoiar estudantes indígenas, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), durante a formação universitária, de proporcionar experiência profissional necessária para a inserção no mercado de trabalho e condições para conclusão do ensino superior. Para pleitear o benefício, os interessados devem comprovar a origem, mediante apresentação
do Registro Nacional Indígena e possuir carteira de Identidade expedida pela Fundação Nacional do Índio (Funai); a família não pode possuir renda superior a três salários mínimos e deve residir no Estado por mais de dois anos. Um dos requisitos é não possuir outro curso de graduação em nível superior e não ser contemplado por qualquer outro tipo de benefício remunerado ou de auxilio financeiro com a mesma finalidade deste programa e estar matriculado em curso presencial de bacharelado ou licenciatura na Universidade Estadual de
Mato Grosso do Sul (UEMS). Após o termino das inscrições, será realizada a classificação preliminar dos candidatos. A relação com os nomes dos pré-selecionados serão divulgados pela internet, na página
eletrônica da Setas e UEMS. Os acadêmicos classificados deverão comparecer no dia, hora e local designados para apresentarem cópia e original, de toda a documentação pessoal, especificada conforme a resolução nº 70 de 8 de dezembro de 2010.

Atividades

Durante o período em que estão inseridos no programa os alunos recebem auxílio financeiro e devem participar de atividades de 12 horas semanais, compatíveis com a área de estudo escolhida que lhe proporcionem aprendizagem social e profissional, por meio de convivência com situações reais. As atividades são desenvolvidas em órgãos e entidades da administração pública federal, estadual, municipal e em Organizações Não Governamentais (ONGs).

Fonte: Clipping da 6ª CCR do MPF.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário