sexta-feira, 10 de maio de 2013

Colóquio sobre literatura indígena acontece na UFSCar

De 8 a 11 de maio, acontece na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) o "II Caxiri na Cuia: Colóquios com a Literatura Indígena". Com o objetivo de ampliar o debate a respeito da literatura e da cultura indígena na Universidade e também entre professores dos ensinos Fundamental e Médio, será abordado o tema "Oralidade, escrita e filmografia indígena brasileira: construindo diálogos". O mesmo evento envolve o "I Encontro sobre literatura e cultura indígena no currículo escolar".
Todos os interessados em refletir sobre os caminhos da literatura indígena nos dias atuais estão convidados a participar. O Colóquio, que também tem como objetivo celebrar a resistência da memória indígena, contará com convidados locais, como professores e estudantes indígenas de graduação e pós-graduação de diversos cursos da UFSCar, além de convidados nacionais e internacionais, como líderes indígenas, escritores, jornalistas, poetas, cineastas, músicos e pesquisadores.

A programação conta com mesas de debates que irão discutir temas como a literatura indígena, sua oralidade e escrita, além da importância dessa literatura e da cultura indígena no ensino de primeiro, segundo e terceiro graus. A relação entre a literatura indígena brasileira com a chamada literatura Mapuche, escrita indígena chilena, também será abordada.

Visando apresentar o modo como os indígenas têm buscado atualizar a memória ancestral pelo domínio das tecnologias ocidentais, com foco na produção de filmes feitos por eles, a filmografia indígena também fará parte do "II Caxiri na Cuia". Um Sarau Musical com a participação dos convidados e também de graduandos indígenas da UFSCar fará parte da programação.

As atividades do "II Caxiri na Cuia: Colóquios com a Literatura Indígena", acontecem na UFSCar e no SESC Ribeirão Preto, onde, além de uma mesa de discussão, também será lançada a exposição "Daniel Munduruku e Outras Gentes", que aborda a literatura indígena produzida por diferentes povos e que vem sendo protagonizada pelo escritor Daniel Munduruku, aluno do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Literatura (PPGLit) da UFSCar. Utilizando-se de recursos cenográficos, tecnológicos e elementos lúdicos, a exposição apresenta a vida e a obra de Daniel e coloca o visitante em contato direto com os temas abordados pelo autor que, como um autêntico representante das sociedades indígenas brasileiras, faz lembrar, por meio da exposição, que as comunidades indígenas estão vivas e se organizam para manterem suas raízes e suas tradições.

Segundo a professora Maria Silvia Cintra Martins, docente do Departamento de Letras (DL) da UFSCar e coordenadora do evento, o "Caxiri na Cuia" visa mostrar a relação entre a tradição e as tecnologias como movimento de continuidade e renovação. "Queremos desconstruir estereótipos e mostrar que a cultura indígena vem se atualizando", relata Maria Silvia.

A programação completa do "II Caxiri na Cuia: Colóquios com a Literatura Indígena" está disponível no site da UFSCar, em www.ufscar.br. Os interessados em participar do evento, que é gratuito, devem realizar as inscrições nos locais das atividades. Haverá certificados de participação. O Colóquio é uma realização do Grupo de Pesquisa "Linguagens, Etnicidades e Estilos em Transição" (LEETRA) ligado ao PPGLit do DL. Mais informações pelo email grupo.leetra@gmail.com

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário