sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Nova obra de Daniel Munduruku promove reflexão sobre as ‘coisas que aprendemos’

Por Oráculo Comunicação
das coisas que aprendi capaVocê já parou para pensar nas coisas que você aprendeu durante toda a sua vida e o valor que elas tem no momento atual? É este exercício de reflexão poética que o escritor Daniel Munduruku, um dos autores indígenas mais conhecidos e respeitados do país, realiza sobre sua própria existência na mais nova obra “Das coisas que aprendi”. O livro é composto por textos que trazem um olhar diferenciado sobre a natureza humana e sua relação com o mundo que o cerca e estimula o leitor a realizar sua própria leitura sobre as coisas que aprendeu em sua trajetória.
Para chegar ao resultado final, foram dois anos de muita escrita e observações do próprio autor durante suas participações no universo da literatura, de sua militância social a favor dos povos indígenas e de sua atuação como educador no cenário nacional.
Desse exercício, o resultado é encantador, apresentando aos leitores o olhar híbrido que desenvolveu ao longo dos anos e, ao mesmo tempo, um grito de esperança nos caminhos do mundo.
O livro traz  imagens do fotógrafo mato-grossense Antonio Carlos Ferreira Banavita que aceitou o desafio de escolher fotos que pudessem se adequar aos textos do autor. A Participação de Banavita também revela muito do seu aprendizado, em especial no que diz respeito aos povos indígenas. O livro foi editado pela Uka Editorial em parceria com a empresa Grão de Arroz, de Salvador. O resultado? É conferir este belíssimo e poético livro que é, ao mesmo tempo, um conforto e um presente aos leitores da vasta obra de Daniel Munduruku,  e pensar nas coisas que aprendemos em nossa vida.
Onde adquirir:
Os pedidos podem ser feitos por email: ukacontato@gmail.com ou pelo face:www.facebook.com/institutouka
Postagem original: https://oraculocomunica.wordpress.com/2015/02/27/nova-obra-de-daniel-munduruku-promove-reflexao-sobre-as-coisas-que-aprendemos/
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário